DSC_0876.JPG

Gonzales dividiu com o público a experiência de ter aberto e fracassado quatro restaurantes. Foto: Danilo Viegas

Checho Gonzales conta como, após quatro falências, conseguiu emplacar um negócio de sucesso

*Por Nadine Oliveira, estudante de Jornalismo do IESB

Checho Gonzales, chef e proprietário do restaurante Comedoria Gonzales, abordou o tema A Reinvenção dos Modelos de Restaurantes em palestra nesta quinta-feira (17) no 29º Congresso da Abrasel, no Centro Universitário IESB, em Brasília.

“Existem várias maneiras de fazer tudo e eu era preso a elas; a partir do momento que eu notei novos caminhos, eu consegui me descobrir”, admitiu. Gonzales dividiu com o público a experiência de ter aberto e fracassado quatro restaurantes. “Eu entendo que fali porque eu tentava ser muito pretensioso e fazer coisas que eu não tinha domínio” assumiu. Com o aprendizado, o chef agora diz que é importante estar aberto a novos mercados para evitar ficar preso ou estagnar.

Hoje, Checho aposta em um formato mais informal de negócio na Comedoria Gonzales. O restaurante fica no Mercado de Pinheiros, em São Paulo. A unidade é motivo de orgulho do chef por estar realizando o que o impulsiona para frente.

Congresso Nacional Abrasel

O Congresso da Abrasel, o maior encontro do setor de bares e restaurante do Brasil, começou em 15 de agosto e termina na noite desta quinta (17). A edição de número 29 tem como tema Conectar Pessoas, Saberes e Iniciativas. O evento é realizado pela própria Abrasel, pelo Centro Universitário IESB e pela revista Prazeres da Mesa, com patrocínio da Ambev, Ecolab, Getnet, Philip Morris Brasil, Sodexo e Souza Cruz. Conta também com a parceria da Vinum Brasilis, parceria de mídia do Correio Brazilienze e apoio da Fispal.